Nas unidades extrativas das empresas Rio Deserto, inovações tecnológicas, nacionais e importadas estão presentes desde a extração do material bruto até o destino final dos rejeitos.

  • Extração: Minerador Contínuo e Roader Header

    Atualmente, havendo condições geológicas favoráveis, a extração de carvão se dá através de uma máquina denominada Minerador Contínuo. As Empresas Rio Deserto foram as primeiras mineradoras a utilizar essa tecnologia de grande porte, que visa a redução do uso de explosivos.

    Destaca-se que o Minerador Contínuo é monitorado por controle remoto, que é sempre operado por um técnico capacitado.

    Já o chamado Roader Header é uma máquina, também importada, com o mesmo princípio de funcionamento do minerador contínuo; porém, muito mais robusta e destinada à abertura de túneis em rochas de elevada dureza.

  • Meio Denso

    Depois de extraído, o carvão bruto precisa ser separado do rejeito. Esse processo é chamado de beneficiamento e pode ser realizado a partir do processo "meio denso".

    Esse método tem como principal vantagem a utilização extremamente racional de água, sendo capaz de fazer a separação de rejeitos do carvão com eficiência, utilizando cerca de um terço da quantidade de água se comparado às metodologias tradicionais.

  • Filtro Prensa

    Grande inovação do setor carbonífero, que tem como função separar a parte líquida da sólida das águas do processo de beneficiamento, substituindo e eliminando o uso de bacias de decantação.

    Depois de todo o processo , a água é direcionada para a estação de tratamento de efluentes, localizada dentro da unidade, passando por processos físico-químicos e retornando para a produção, sendo utilizada nas atividades inerentes da industrialização (equipamentos em subsolo, banheiros, limpeza, etc.)

    A água excedente, após devidamente tratada, retorna à natureza.

  • Expessador de Lamelas

    Desenvolvido em parceria pela equipe técnica das Empresas Rio Deserto, pela Aquaflot, de Porto Alegre/RS, e pela Previmec, de Urussanga/SC, o espessador de lamelas substitui as tradicionais bacias de decantação, pois é uma tecnologia aplicada no processo de lavagem do carvão, juntamente com o filtro prensa.

  • Backfill

    Backfill é uma técnica de retorno de rejeitos ao subsolo.

    Implica na eliminação dos depósitos a céu aberto, largamente utilizados, há muito tempo, o que representa um ganho ambiental de grandes proporções, evitando os impactos no solo, na água, na flora e fauna.

    Além do impacto paisagístico, praticamente elimina o transporte de rejeitos para fora do empreendimento.

Inovação


PRODUTO

A inovação na empresa está completamente voltada de forma a agregar valor para que continue sendo competitiva. Os projetos de inovação são desdobrados e chamados internamente como plano de negócios.

A preocupação com a qualidade de seus processos e produtos e com o meio ambiente reflete-se na certificação de suas unidades de acordo com as normas nacionais e internacionais. Durante a implantação dos produtos de inovação, os resultados são avaliados sistematicamente.

As metas para inovação são:

2015 14% do faturamento
2016 19% do faturamento
2017 18% do faturamento
2018 25% do faturamento
2019 30% do faturamento

Anualmente, é realizado um orçamento para investimento na área de inovação. Para 2015 está orçado:

2015 R$512.693,00

Em 2014, o investimento em inovação foi de: R$ 450.867,84.
Estão previstos, para os próximos cinco anos, 30% de aumento no faturamento, atingindo a meta de 10 milhões por mês de faturamento com outros produtos, exceto o carvão mineral.

PROCESSOS/EQUIPAMENTOS

Além da área de inovação de produtos, a empresa conta com uma equipe de engenharia multidisciplinar, que atua na inovação/modificação de equipamentos e processos.

O investimento em tecnologia é constante, sendo perceptível através dos projetos já implantados:

  • Minerador Contínuo

  • Roader Header

  • Espessador de Lamelas

  • Meio Denso

  • Filtro Prensa

  • Tratamendo de drenagem de mina em escala industrial

  • Perfuratrizes

  • Aerosseparador

  • Backfill

entre outros.

PIQ - Programa de Inovação e Qualidade

Idealizado e instituído pelas Empresas Rio Deserto, o PIQ - Programa de Inovação e Qualidade, cuja periodicidade é anual, tem por objetivos:

  • Incentivar seus colaboradores profissionais a utilizarem ferramentas da qualidade, para solucionarem problemas e realizarem melhorias nos processos, no ambiente de trabalho, qualidade, produtividade, inovação, meio ambiente, segurança, educação, redução de custos, desperdícios, entre outros.

  • Promover o crescimento do colaborador, proporcionando a evolução da empresa e sociedade, através do processo de melhoria contínua.

O PIQ - Programa de Inovação e Qualidade ocorrerá em quatro Categorias:

Avaliação do projeto

CategoriaEixo de atuação
Categoria 1 Redução de Custos
Desperdícios
Produtividade
Inovação/Criatividade
Qualidade (produto, processos)
Categoria 2 Segurança
Saúde
Ambiente de Trabalho
Ações Trabalhistas
Categoria 3 Meio Ambiente
Reutilização/Reaproveitamento
Reciclagem
Recuperação
Categoria 4 Educação
Comunicação interna/externa
Recursos Humanos
Responsabilidade Social
Marketing
Comunidade
Logística
Tecnologia da informação

Mercados de atuação do grupo:

  • Fricção/Abrasivos

  • Elastômeros/Borrachas

  • Termelétricas

  • Siderurgia

  • Metalurgia

  • Saneamento

  • Transportes

  • Pesquisa / Desenvolvimento / Laboratório

  • Vidraria

  • Alimentação Animal

  • Florestamento e Reflorestamento

  • Agricultura Orgânica

  • Cerâmica

Avaliação do projeto

Os projetos são avaliados anualmente e é realizada a classificação das equipes de acordo com os pontos obtidos.

Premiação

Faixa A (Maior que 400 pontos)

Vale no valor de R$300,00

Faixa B (Entre 301 e 400 pontos)

Vale no valor de R$200,00

Faixa C (Entre 200 e 300 pontos)

Vale no valor de R$100,00

Os melhores projetos de cada unidade nas Categorias 1, 2, 3 e 4, participarão do V PIQ